Transferência do site para ABACO:

  • Fiz a transferência do site ryodorakudobrasil.com.br para uma  escola de acupuntura do Rio de Janeiro chamada ABACO onde me formei  acupunturista em 2007, pois eu fiquei muito desanimada e não tive mais esperança de divulgar Ryodoraku no Brasil, nem muito menos na América Latina. Já expliquei sobre a dificuldade ou até impedimento para realizar esse propósito.

 

  • Fiz estágio na clínica do Prof. Kimiya Goto durante quase 2 anos. Trouxe 2 professores de Ryodoraku e 1 médico imunologista mundialmente famoso para o Congresso Internacional realizado no Rio em 2008.

 

  • Fui nomeada como responsável pela divulgação de Ryodoraku na America Latina em 2009. Trouxe de novo Prof. Kimiya Goto para dar seminário no Rio em maio de 2010 e recebi ,em setembro de 2010, do presidente da JSRM o certificado de mestre em Ryodoraku, No entanto, até março de 2015 não pude divulgar publicamente o Ryodoraku, ou seja, durante 5 anos fiquei sem cumprir com a missão que me foi incumbida , por duas razões que já escrevi em outra parte deste site:

 1)A marca Ryodoraku foi registrada como sendo exclusivamente sua por uma entidade médica brasileira de acupuntura (AMBA) junto a INPI(Instituto Nacional de Propriedade Industrial).

2) No Brasil não existia Software que ligasse com computador e desenhasse o gráfico Ryodoraku simultaneamente com a medição de pontos representativos de Ryodoraku. O que atrapalhava nas práticas clínicas. Medição manual inviabiliza o uso de Ryodoraku nas práticas clínicas do dia a dia por sua lentidão.

  •  Em setembro de 2014 recebi um telefonema do Acupunturista Fábio Athayde que me tirou da inércia. Não conhecia ele, mas ele, de alguma forma,  me procurou pela Internet e me achou e ligou para mim. Ele me deu uma notícia muito boa, falando da existência do medidor eletrônico Ryodoraku -made in Brazil. E ademais ele me convidou a dar seminário de Ryodoraku em Curitiba onde eu resido no momento.
  • Primeiro fui verificar a veracidade da notícia. Fui visitar a NKL onde está fabricando o medidor chamado RDK Ryodoraku. Conheci a firma, o medidor e levei um para casa para testar. E gostei. A medição até estava mais estável do que o medidor japonês. E o que foi melhor, não era muito caro. O medidor eletrônico japonês é muito caro. Claro, tem vários recursos técnicos e mais sofisticados. O medidor RDK é muito simples. Não aparece a lista de sinais e sintomas automaticamente para cada configuração de gráfico. Mas isto é por conta de cada  terapeuta. Ele pode aprender.  Ou colocar a lista perto da escrivaninha e colá-la. Mais tarde, mais cedo aprenderá de cor. Ou fabricante poderia aperfeiçoar o medidor para que ele ofereça esta função também.  Não será tão difícil. Espero que ele possa fazê-lo tão logo possível.
  •  Esperança que eu tinha perdido voltou e resolvi aceitar o desafio oferecido por Fábio Athayde de dar seminário. Afinal a esperança não é a última que morre?
Posted in Blog. Comentários desativados em Transferência do site para ABACO: